sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

JOÃO NOEL

Mas eita sujeito sorrateiro! Chegou na nossa vida de mansinho...

Deixou nossa cabeça a mil com suas falas tão ajustadas! E depois resolveu ir fabricar mais presentes em outro lugar! Por que deixou suas meias recheadas de lições e não nos avisou que ia partir? Essa matemática a gente não entende, não!

Aliás, a matemática da vida é mais difícil do que as equações de primeiro ou segundo graus. A morte tem variáveis que não cederam ao domínio do mestre João. E ele parecia dar sinais de que o Natal seria assim, sem seu saco de surpresas.

Mas não deixou de fazer muita mágica na sua didática... gostava de surpreender quem levava a vida de modo pessimista. Curtia a simplicidade e simplificava as fórmulas de alguns problemas da vida de tal modo que parecia fácil viver em paz e com sabedoria!

Pois é João Noel... Você deixa saudades, numa época que precisávamos muito das suas palavras tão sinceras! Precisávamos da sua humanidade... Os números não lhe deixavam frio, antes pelo contrário lhe deixavam mais atento, mais sensível à trajetória dos outros (algumas perpendiculares, outras paralelas, outras oblíquas...), mais observador...

Descanse em paz... E esteja por aqui, quando precisarmos! Sua presença é tão forte, que nenhuma ausência física vai lhe fazer sumir de nossas chaminés e de nossos corações esperançosos!

Apareça pra nos entregar seus presentes! Ho ho ho...

O Natal espera por você...

Texto escrito em homenagem ao professor João Assis, colega de FTC EAD, já falecido.

3 comentários:

  1. oi amigo,
    Belo, mto belo texto e cheio de vida e sentimentos tal qual era João.
    A vida assim fica mais cheia de graça e de louvor: com amigos gente, sinceros, leais...
    Pois é , o passaporte de Joaõ foi carimbado e até que o de cada um de nós seja,vamos tecendo amizades, lutas... e com certeza no plano espiritual faremos muitos natais juntos...Vá João tecendo fios, pois quando chegarmos lá, teremos uma 'grande rede' que nos acolherá no plano espiritual e vc será o construtor dessa rede de amigo-irmão....
    Na pátria espiritutal tb trabalhamos, colaboramos, estudamos e realizamos outras teses em novos contextos de significados.


    Abraços,
    Ana

    ResponderExcluir
  2. Ô Tico... assim tu me mata do coração!
    Fiquei emocionada... me lembrei de Jão... e me fiz feliz como ele.
    É meu amigo... só estava faltando caneta e papel (tela e teclado) para que o poeta surgisse e nos deliciasse com seus textos.
    Muitos beijos pedaço (tikinho) de mim...rsrs

    Lu

    ResponderExcluir