quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

MATUTANDO...

Tem que estudar... Bem que Naiana podia me perdoar. Acho que o jogo do São Paulo é hoje. Rapaz, mas como vou estudar sem o livro que emprestei pra Charles? Acho que Naiana gosta mesmo é de outro... Com aquele time, sei não! Seria melhor se contratasse algum jogador de peso! Que dor no estômago estranho! Preciso ver isso... Mas Naiana é uma piriguete mesmo! Como foi sair justo hoje? Ainda sozinha! Acho que o goleiro nem vai ser escalado. Vou tirar um zero... Porra, Naiana! Você não merece essa consideração toda, não! Será que chego a tempo de pegar a primeira sessão? Quem sabe não consigo alguma doida por lá... Naiana, Naiana! Você que tome juízo! Mas que diabo de dor de estômago insuportável! Será que Charles devolve o livro se eu pedir? Poxa, nem olhei quanto tinha de grana na conta... Tomara que aqueles sacanas me paguem amanhã! Naiana, onde tu tá, sua gostosa? Meu time que não perca hoje pra ninguém me sacanear amanhã! Olha, Naiana, só vou...

- Anda logo, merda! - Passou a marcha depois de ouvir o grito e saiu do cruzamento.

Um comentário:

  1. Tão cotidiano... Invejo essa forma de expressar o dia-a-dia... Parabéns! Bjos

    ResponderExcluir