quarta-feira, 1 de julho de 2015

DIVERTIDA MENTE!



     No domingo, pude assistir ao filme "Divertida Mente", dirigido por Pete Docter. Uma animação da Pixar. A princípio, não acreditei que fosse tão instigante! A maioria dos filmes tem investido em trailer - na contemporaneidade, a "imagem é tudo", o fragmento diz mais do que a parte! O que importa é vender e ficar bem na foto! Daí, como não tinha outra alternativa de escolha e por não saber nada da história, nem ter assistido ao trailer, resolvi arriscar.
     Não perdi nada. Uma história que diz muito sem ser hermética. Não beira o clichê e educa. Educa os adultos a lidarem com as crianças, educa do ponto de vista psicológico, educa-nos a pensar como temos educado e como temos nos comportado. Não há como sair do cinema, depois de assistir ao filme, e não movimentar o "trem do pensamento".
     Numa sociedade do excesso, como bem escreveu Marc Augè (Não-lugares), das opiniões fabricadas pela mídia, das "fabulações" (conforme nos alertou Milton Santos), do "travestimento discursivo" (termo emprestado de Silvia Duschatzky  e Carlos Skliar, no capítulo do livro Habitantes de Babel); enfim, numa sociedade do selfie, como acreditar que ainda se produzam narrativas cinematográficas que não se preocupem apenas em vender? Pois essa está aí para provocar-nos a pensar em outros modos de nos relacionar, com pitadas de dramaticidade, comicidade e leveza. Está aí para provar que não há dicotomia nas relações humanas. Está aí para anunciar outros modos de dizer, para que nos preocupemos em como estamos nos expressando, uma vez que a construção do texto narrativo do filme é inovador. Pensemos em como as palavras hoje estão "gastas", em como temos nos apegado a enredos sonolentos (vide as novelas!). Então, como dizer de outro modo? O texto fílmico nos apresenta alternativas...
     Nunca pensei que fosse fazer propaganda, mas quem puder, assista ao filme e tire suas próprias conclusões. O que posso afirmar é que uma vez feita a leitura de "Divertida Mente", vocês não sairão do mesmo modo.